Google+ Followers

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

ETERNOS INSATISFEITOS

Sempre estamos reclamando de tudo: quando não é da casa e das mobílias que precisam serem trocadas, é do carro, das roupas novas que precisamos, de cursos para melhor nos interarmos no mercado de trabalho, de viagens que precisamos fazer..enfim, o ser humano é eternamente insatisfeito, pois caso consigamos tudo que necessitamos, com certeza acharemos outros objetos de desejo.
Ontém depois de assistir As Cariocas, fiquei com preguiça de sair do computador para mudar de canal e deixei na Globo mesmo e começou Profissão Repórter, o assunto abordado era 'Mulheres assumem comando das famílias', sei bem que é isso pois sempre fiquei em casa com as meninas - mesmo trabalhando fora - e o Marcelo na maior parte do tempo trabalhando em outra cidade.
Todas mulheres que foram abordadas eram de tirar o chapéu, pois mantinham financeira e emocionalmente a família, mas o que mais me chocou - me fez chorar - foi uma nordestina com 6 filhos, o marido há 4 meses trabalha em São Paulo e ainda não conhece a bebezinha que nasceu e o pior, a mãe está com medo que a bebê não aguente até a volta do pai, pois está subnutrida...isos me deu uma dor tão grande, vendo aquele anjinho frágil que não pediu para vir nesse mundo e sofrer, tão fraquinha e lindinha no colo da mãe, a mãe alegando que como passa fome, seu leite é fraco e a bebê não consegue ganhar peso...Nessa hora agradeci ao sobrepeso do meu amor- bebê, a inteligência e sáude da minha familia, ao emprego do meu marido e a vida de realeza que tenho comparada dessa família e que tudo que quero não passa de futilidade! Como pode no ano de 2010, um bebê inocente condenado por falta de alimentacão? Que mundo é esse meu Deus? E essa mãe - que apesar de toda ignorância - sabe que a porra do anticoncepcional e a camisinha são gratuitas no posto de saúde e que não tem direito de por mais vida sofredora no mundo! Isso me revolta pois se ela via a falta de condições de criar os outros filhos, porque arrumar mais uma? E ainda vos digo: aposto que não será a última, nem que a subnutrição vença essa batalha, enquanto essa parideira insana puder, ela vai por mais filhos no mundo para sofrer! O marido que foi localizado em São Paulo estava voltando para a família - apenas para uma visita - e com R$ 2.500,00 no bolso, isso foi o que ele acumulou no longo desse tempo...
Que Deus abençõe minha família, a sua e a desses que citei acima - e outros - que padecem nesse Brasil e possa enviar-nos seus anjos e espíritos benéficos para interceder, pois do jeito que está só mesmo eles!


Nenhum comentário:

Postar um comentário