Google+ Followers

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

JABUTIFRUTA

Olha a preta colada no tronco
De caroço branco que mão do moleque
Olha a preta de caroço branco
Que a mão do moleque arranca no toque
O que bate na boca que é jaboticaba
Faz ploquet pluft nhoc
Ploquet pluft nhoc
Ploquet pluft nhoc
Ploquet pluft nhoc
  
Impossível comer jabuticabas e não lembrar desse super-sucesso acima que tocava no Sítio do Picapau Amarelo...como diria minha vó Dirce numa homenagem a Casimiro de Abreu:
Oh! que saudades que tenho
Da aurora da minha vida,
Da minha infância querida
Que os anos não trazem mais!

O fato é que indo passear com a Mayara e Maryáh - filha número 2 e 3 - novamente na Expoville e novamente para ver os patos - encontramos um vendedor das pretinhas no caminho e é claro que não deixamos passar... Tivemos um fim de tarde bem gostoso lá na Expoville: chupando jabuticaba e correndo atrás dos patinhos com a Maryáh..Ah! e a Mayara se aperfeiçoando na direção o que está fazendo muito bem aliás.






 


















Nenhum comentário:

Postar um comentário