Google+ Followers

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

RESUMÃO

Tirando o calor que está derretendo a todos e o carro que deu baixaria 'novamente' e gasto fim de semana passado, domingo passado tive meu dia:' fomos para a paradisíaca Bombinhas, é claro, na Praia de 4 Ilhas, não poderia ter sido melhor! Primeira vez do amor-bebê na praia! Fomos buscar a Thayná na casa de praia da amiga em Itapema - onde todos ficaram enlouquecidos pelo amor-bebê e depois - a contragosto do Marcelo, só para variar - seguimos para Bombinhas, amo aquele lugar, 4 Ilhas então, nem se fale! As meninas se encantaram com os peixinhos ornamentais, o amor-bebê com as ondas, a água estava ótima e o mar super calmo, como sempre é lá e apesar da época do ano, o número de turistas elevado, tudo estava impecável, grata pela consciência de todos...
Um fato que se deu, as meninas foram abrir o guarda-sol e o Marcelo estacionar, eu sentei em 1 restaurante de frente para a praia com o amor-bebê e fiquei olhando as meninas, não entendi o riso louco da Thayná e a furia da Mayara: só depois que soube que depois de um longo inverno, nosso guarda-sol estava cheio de formigas, virou um formigueiro! Nisso veio um casal, um tanto quanto insistente - casal que não tem cara de ser casal - e queriam pegar o amor-bebê no colo, saber de onde eu era, onde estava hospedada...perguntei de onde eram e disseram ser de Foz, e eu lá, esquecida, os 3 patetas: Marcelo, Thayná e Mayara, montaram gaurda-sol e nada de virem me buscar! Eu com bolsa, bebê e eles nem 'tium'! No fim a tal mulher estranha fez questão de me acompanhar até meu guarda-sol, o casal não parava de falar do meu amor-bebê, que medo! Chegando lá fui logo falando para o Marcelo: POXA, ESQUECERAM DE MIM LÁ NÉ? Ele, finíssimo como sempre, fez aquele ar de 'hã?é comigo' ..deixa para lá, importante que fui para Bombinhas! Mas a volta, eita, não foi facil! umas 4 horas de Br! Trãnsito intenso, acidente, credo..Ainda o teimoso do Marcelo, quis porque quis ir para Curitiba naquela noite, pedimos tanto para ele ficar, já que eu havia feito tender e salpicão e a Thayná estava doida de vontade, tadinha..mas castigo vem a cavalo: carro dele quebrou no caminho, ficaram na estrada esperando guincho e taxi até quase clarear o dia! Só morri de dó da Thayná, que as 9h00 teve que trabalhar..mas agora aprendeu, esse fim de semana saíram hoje bem cedinho (segunda)...
Segue as fotos da praia, tem até do amor-bebê tomando tete, mas é claro que não vou por né!

4 ILHAS: AMOR-BEBÊ E AS MANAS, PAPAI JOGANDO ÁGUA

CENTRO DE BOMBAS: AS 3 LINDÍSSIMAS

TRANQUILIDADE: PAPAI NÃO SAIU DE PERTO PARA NADA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário